Fantastic!!! Como vão, pessoas? Faz tempinho que não apareço por aqui. Hoje venho com um post reflexivo. Se não vejamos.

Há um tempo uma certa dúvida pairou em meus pensamentos e começou a me cutucar a mente por diversas vezes. Tudo dependia de uma certa situação que causava e instigava, me fazendo pensar. Do jeito que andam as coisas no mundo hoje, tem-se que tomar muito cuidado com as palavras que se utiliza; enquanto, por outro lado, as pessoas também passaram a beirar o absurdo e a falta de parcimônia em determinados momentos, que poderiam ser relevados e deixados de lado para evitar situações desagradáveis e de grande estresse por uma mera ignorância de uma terceira pessoa ou ainda por sua falta de percepção, sendo assim infeliz em alguma colocação que tenha feito sobre algum assunto polêmico.

Portanto, já esclareço. Não estou querendo julgar a ninguém, apenas colocando um ponto em discussão para que todos possam evoluir enquanto seres humanos.

img_9863

Muitas vezes me deparei com pessoas e coisas utilizando a palavra “anormal”, o que até então poderia ser… normal?! Mas a verdade é que esta palavrinha me cutuca a mente e me fez pensar que, no fundo, ela tem uma certa negatividade na forma como a usamos. Rotulamos como anormal qualquer coisa que nos é estranha ou adversa, que fuja aos nossos padrões, que nos amedronte, que nos faça sentir desagradados e por aí vai. Fazemos isso sem nem ao menos dar conta muitas e muitas vezes; e sem sequer pensar pelo outro lado.

Dessa maneira, cada vez que me pego dizendo (ou pensando): “isso não é normal” ou “tem algo de anormal nisso” eu mesmo me repreendo, tentando modificar isso para incomum.

Afinal, no meu ver, seria isto uma palavra mais condizente e sem negatividade? Comum e Incomum. Veja, é algo incomum para mim, mas totalmente comum para a outra pessoa, ou para quem passa por aquela situação. O que quero dizer é que, em teoria, não pode haver um anormal. Todas as coisas são normais segundo seus pontos de vista.

img_9866

Claro que devemos tomar cuidado, pois há situações que são tão hediondas que para a totalidade dos seres ou quase toda ela, aquilo seria mais que incomum, seria mais que absurdo. Seria de fato incabível. E ainda assim, para algum ser poderia ser algo comum.

Então, creio que possamos começar a mudar as nossas mentes para algo que permita olhar melhor para os semelhantes. Não nos esquecemos também de que essa questão do normal e anormal é algo que foi imbuído a nós durante nossa criação e crescimento e podemos alterar isto; e consequentemente passar para os nossos filhos e netos.

Espero que tenham gostado deste post reflexivo, até a próxima. ^^/

Comentários

Comentários