Image default
Home - Batman – A Piada Mortal
Quadrinhos Resenhas Literárias

Batman – A Piada Mortal

2720763Batman – A Piada Mortal;
I.S.B.N:8573515473
Páginas: 82;
Autor: Alan Moore;
Editora: Panini Livros
Sinopse: Em ‘Coringa e Batman – A Piada Mortal’, os fãs saberão a origem do Coringa e sua relação conturbada com o Cavaleiro das Trevas. Esta edição de luxo conta como um dia ruim na vida de um homem pode significar a linha que separa a sanidade da loucura.

“Devo ou não devo levar esta resenha para o blog?”. Pensei muito antes de fazer esta publicação por dois motivos: 1 – Eu não costumo resenhar HQs no SDML;  2– E escolhi justamente uma história complexa para falar a respeito;

Pela primeira vez tive dificuldades em fazer uma resenha sem spoilers. Sempre tomo cuidado e evito expor cenas importantes, mas dessa vez não tive escolha. Se você ainda não assistiu ou leu “A Piada Mortal” esta resenha possui SPOILERS.

Piada Mortal 2

Finalmente consegui comprar a edição de luxo de A Piada Mortal. Ela é considerada uma das melhores histórias do Batman. Apesar de conter poucas páginas – se comparado as leituras que estou acostumada a fazer – eu demorei muito para terminar a história. Pois tive que me atentar e admirar todos os detalhes das ilustrações e absorver todas as cenas retratadas.

Sim! O diferencial está na intensidade que há nos crimes cometidos e as ilustrações reforçam ainda mais cada momento da história narrada. Por falar em crimes fiquei imaginando como esta história foi vista no ano do seu lançamento, em 1988.  Digo isto porque eu fiquei chocada com a perversidade enquanto a lia. Nela podemos conhecer melhor o passado conturbado do Coringa e nos emocionar com a cena em que Bárbara Gordon é atingida por um tiro ficando paraplégica.

Piada Mortal 1

Dessa vez Coringa quis atingir o melhor amigo do Batman! Ele escapou de Arkham com o propósito de enlouquecer o Comissário expondo as barbaridades feitas à sua filha depois de atirar nela.  E foi com essa tragédia que conseguimos perceber que a maldade do Coringa não possui limites.

[blockquote align=”none” author=”Coringa”]Frente ao inegável fato de que a existência humana é louca, casual e sem finalidade, um em cada oito deles fica piradinho! E quem pode culpá-los? Num mundo psicótico como este… qualquer outra afirmação seria loucura![/blockquote]

Enquanto ele coloca o seu plano em ação, vamos nos deparando com flashbacks sobre o passado do vilão. Conhecemos a vida do comediante falido e a perda da sua sanidade.  Ele quer provar que qualquer pessoa sã pode ser levada a loucura se for estimulada “corretamente”. E para provar sua teoria ele usa Gordon como teste e o expõe em situações humilhantes e traumatizadoras.

Não recomendo esta HQ apenas para os fãs de Batman. Coringa é um vilão conhecido e acho que vale a pena dar uma oportunidade para saber um pouquinho mais sobre o seu passado e a forma com que ele se perdeu.  Fiquei chocada com a maioria das cenas – inclusive o meu medo por palhaços aumentou hahahaha – mesmo assim quero que você leia.

Quem aí curte esse universo?
Beijos

beda2016

Leia também:

Quarto (Emma Donoghue)

Clayci

Um momento, uma manhã – Sarah Rayner

Clayci

A guerra que me ensinou a viver – Kimberly Brubaker Bradley

Clayci

35 comentários

Saddy 26 de agosto de 2016 at 00:07

Mó medinho de deixar meu comentário aqui, visto que aparentemente sou a única neste recinto que não ama essa história…
MAS AQUI ESTAMOS
AQUI FICAREMOS
Achei super sem pé nem cabeça e corrida. Apesar de não ser daquelas que torce pro vilão (nunca entendi quem faz isso, srsly), acho que o Coringa ter se enganado a respeito da loucura foi a pior decisão de todas.
Ele não conseguiu enlouquecer o Gordon. I mean, o REI DA INSANIDADE estava errado em relação a loucura… O Coringa não tem super poderes. Tudo que ele tem é a loucura e a inteligência, que o faz explorar essa insanidade a seu favor. Essa história tirou isso dele. Pra mim, no fim de tudo, ele pareceu uma ameaça bem menor do que é.
O tiro na Barb foi, sem dúvida, terrível (ele mesmo diz isso no final, reconhecendo que foi horrível atirar em uma garota inocente), mas não é como se ele não tivesse surrado Jason Todd (que era um adolescente, se não me engano) com um pé de cabra em uma HQ lançada no mesmo ano (se não me engano TAMBÉM ihfiudhfsiuhfsd)…
Sei lá. A Piada Mortal infelizmente não me desceu. A animação só piorou tudo. DUGHIUHFIUHS

Mas falando da resenha em si… SEM OR, acho impossível fazer sem spoiler. ESSA HQ É TÃO CURTINHA. Tu fala um “a” da história e já entregou tudo.

…E sua foto (que amei e guardei no meu coração s2) me enganou. EU JURAVA QUE ERA A CAPA PURINHA. Depois que vi a câmera na outra foto e fui conferir. GRITO.

Você não tem costume de resenhar HQs aqui, mas poderia criar hahaha

Abraços~

Resposta
Clayci 26 de agosto de 2016 at 20:27

Eu não gostei da animação, achei desnecessário o começo..
Criaram uma relação que não tinha nada a ver..
E o final da animação, tbm ficou devendo rsrsrs

Eu gostei da Piada Mortal, porque consegui conhecer um pouquinho mais do Coringa.

ahuhauhuhauhauhauhauahaahauh
Fico feliz que tenha gostado das fotos <3
Obrigada

Resposta
LP 11 de agosto de 2016 at 19:37

Cheguei manola, o que estava faltando!
POis bem, você escolheu uma HQ difcil de resenhar verdade seja dita e que ainda por cima eu não recomendo para quem está começando nesse mundo, acho que ela pode ser um pouco traumatizante. Mas já que voê começou hardcore eu posso te dar uma sugestão de uma 100x mais complicada e pesada?
Outra coisa, coo é que estamos? Vamos resenhar o esquadrão suicida ou nem vamo capitão america?
bjo LP

Resposta
Clayci 14 de agosto de 2016 at 09:37

Vc pode tudo <3
E sim..
Eu entendi a referência haihaiuhiaha (agora aguenta as piadinhas toscas com o meu personagem)

Beijos

Resposta
Bruna 11 de agosto de 2016 at 16:39

Acredita que eu não li a história?! Sou louca pra comprar essa HQ, sempre ouço falar super bem dela e agora com a animação fico ainda mais curiosa. O Coringa ao meu ver é bem ‘doente’ mas um personagem complexo e muito interessante. Eu não sei dizer se não gosto dele porque, acho que ele é a insanidade que todos temos mas ao limite, ele não mede nada pra obter o que quer! Vou ver, assim que tiver oportunidade $$ comprarei a hq =) amei Clay ^^ beijão!

Resposta
Clayci 14 de agosto de 2016 at 09:41

Exatamente ! E nesse HQ percebemos que ele realmente não tem limite =/
Compra assim que tiver oportunidade porque a edição está linda

Beijos

Resposta
Denise Crivelli 10 de agosto de 2016 at 23:22

Oi
nunca li um HQ, mas já vi muitos falarem bem desse, deve ser algo interessante de se ler e a edição parece estar bem feita,
Acho que seria algo interessante de se ler.

momentocrivelli.blogspot.com

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:16

Denise caso vc leia, não se assuste rs
ela é pesada

Resposta
carolina Nascimento 10 de agosto de 2016 at 22:24

Acredita que eu nunca comprei esses quadrinhos mais elaborados?! Acho que eu preciso dar uma chance a eles, afinal, eu adoro histórias assim!
Beijos
BlogCarolNM
FanPage

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:24

Super recomendo, Carol <3

Resposta
Camila Tuan 10 de agosto de 2016 at 21:10

Queria saber do passado do Coringa e na sua resenha já soube um pouquinho.

Beijos

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:27

Bem sombrio =/
No começo fiquei com dó, sério rs
Mas, não justifica essa maldade toda não rs

Resposta
Dai Castro 10 de agosto de 2016 at 19:50

Acho que nunca li nenhum quadrinho da DC, mas fiquei bem empolgada com a sua resenha! Meu namorado tem muitos quadrinhos de super heróis, mas eu não tenho o hábito de encarar esse tipo de leitura, mas acho que seria muito interessante para conhecer mais sobre os personagens. A premissa parece bem pesada e complexa, gostaria de conferir! 😀

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:28

Eu só não encarei o hábito porque ás vezes me sinto perdida por onde começar sabe?

Resposta
Luly 10 de agosto de 2016 at 18:36

Eu tenho MUITA vontade de ter essa HQ e de ter também, porque é uma verdadeira obra de arte, só conheço a narrativa mesmo. Acho o Coringa um personagem super forte e por mais que eu não consiga simpatizar com nenhum vilão do mundo adoro pesquisar sobre ele porque “gosto” dele… Entre aspas porque na verdade eu DETESTO, mas nesse caso é bom, porque significa que o objetivo foi cumprido, né!
Inclusive acho ÓTIMO que uma história forte assim tenha voltado a fazer sucesso ao mesmo tempo em que ele e a Arlequina vivaram o casalzinho favorito de tanta gente que não entende que aquilo não é um romance…

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:35

Eu ainda não encontrei ninguém falando que acha os dois bonitinhos, mas a minha lingua ta preparada caso isso aconteça.. ESPERO QUE NÃO

Resposta
Mari 10 de agosto de 2016 at 18:20

Noooooosssaaaaa PIADA MORTAL ?! Esse hq realmente é surpreendente. Eu meio que tenho medo dele hahahah.
Fiquei meio traumatizada depois de ler né, maaaasss… É muito bom, explica muita coisa sobre como
funciona a mente do coringa.
http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:38

Sim, ela é perturbadora =/

Resposta
Jessica Ujiie 10 de agosto de 2016 at 15:30

Ainda não tive a oportunidade de ler A Piada Mortal, Mas mesmo assim me arrisquei na leitura do post, já que adoro o Batman e se pudesse teria todas as HQ’s dele. Fiquei mais interessada ainda agora.
Bjinhos

http://www.umageekdescolada.com.br

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:40

Certeza que vc vai gostar <3

Resposta
Camila Neves 10 de agosto de 2016 at 14:35

Adorei a resenha! Eu nunca li nenhum HQ, acredita? Mas ando com muita vontade e a sua resenha só me deixou mais curiosa! 🙂

Beijo!
Cami.

http://www.delamila.com

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:47

Ca, se vc nunca leu poderá estranhar essa história por conta da violência..

Resposta
Camila Carvalho 10 de agosto de 2016 at 11:27

Pense em alguém que ficou mexida depois que li essa história, ainda bem que li antes da gravidez rs.
Essa sua edição é a coisa mais linda desse mundo, aí você vem com essas fotos e acaba comigo.
Beijo

Resposta
Clayci 11 de agosto de 2016 at 09:59

Ainda bem mesmo Camila =/

Achei ele bem pesado

Resposta
Ju 10 de agosto de 2016 at 10:08

A Piada Mortal, apesar de uma obra maravilhosa, me perturba até hoje. Acho que era nova demais quando li, aheuaheuhae. Mas vale a pena conhecer.

Resposta
Clayci 10 de agosto de 2016 at 10:45

Sim ela é muito perturbadora mesmo

Resposta
Vickawaii 10 de agosto de 2016 at 09:50

Eu fiz a mesma pergunta do início do post e não consegui porque é uma história complexa e bem pesada. Acho que você abordou bem a história e até eu que já li fiquei com vontade de ler de novo! A verdade é que a única HQ do Batman que eu li, mas acho que justamente por isso eu fiquei chocada com as atrocidades do Coringa, afinal o que ele faz com a Bárbara foi muito cruel. O que eu mais gosto de A Piada Mortal é o questionamento, o que pode levar alguém a perder a sanidade. E o final também é excelente!

Beijos, Vickawaii
http://finding-neverland.zip.net

Resposta
Clayci 10 de agosto de 2016 at 10:38

Vick eu achei o final muito bom, pena que estragaram essa parte no filme..
Na verdade achei o início do filme desnecessário.. vc assistiu?:
Eu demorei muito para ler porque achei algumas cenas bem perturbadoras mesmo e fiquei imaginando o impacto que a história causou na época

Resposta
Chell 10 de agosto de 2016 at 09:47

Muito bom! Li faz pouco tempo essa HQ também e é boa pra entender mais do personagem do Coringa mesmo =D

Resposta
Clayci 10 de agosto de 2016 at 10:54

Sim!!!
Queria que as meninas que tentam romantizar o personagem com a arlequina conhecesse essa hq rs

Resposta
Chell 10 de agosto de 2016 at 14:09

Não conheço ninguém que faça isso, amém rss

Resposta
Sheyla - DMulheres 10 de agosto de 2016 at 09:05

Coringa sempre foi meu personagem preferido, até pelo jeito hilário de se comportar. Adorei as fotos do HQ! Instigaram bastante a ler estes quadrinhos.

Beijos e bom dia!
DMulheres
@dmulheres

Resposta
Clayci 10 de agosto de 2016 at 10:33

Recomendo, mas nessa edição ele mostrou o pior lado dele viu =/
se prepara..

Resposta
Lettícia Gabriella 10 de agosto de 2016 at 08:45

Essa é uma história complexa mesmo. Pesada e meio perturbadora. Mostra um lado dos personagens que não vemos por aí em qualquer história ou adaptação. Eu não tenho a edição, mas estou há um tempo procurando para comprar, pois é uma daquelas histórias que você ama odiando né? Acho que dá para descrever assim o sentimento. Eu não sei se você viu a animação, mas eu tenho que compartilhar aqui a minha revolta! haha Não acho que foi uma tarefa fácil adaptar essa obra, mas eles exageraram… na minha opinião. O que você acha? P.s. FOTOS LINDAAAAAAS <3 <3 Um beijo : *

Resposta
Clayci 10 de agosto de 2016 at 10:34

Concordo!
Nem me aprofundei na história para não perder a graça, mas eu amei a edição por causa do trabalho feito rs
A história em si achei bem pesada..

Obrigada, Le <3

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE