Image default
Home - A Garota que tinha medo
Drama Resenhas Literárias

A Garota que tinha medo

IMG_4927I.S.B.N: 9789895123315 / Páginas: 276 / Editora: Chiado Editora

A Garota que Tinha Medo – Marina é uma jovem que faz tratamento para a síndrome do pânico. Às voltas com o ingresso na universidade, um novo romance e novas experiências, Marina tem seu primeiro ataque de pânico. Sua vida vira de cabeça para baixo no momento mais inapropriado possível e então psiquiatras e psicólogos entram em cena. Acompanhamos suas idas ao psiquiatra e ao psicólogo, o tratamento farmacológico e a psicoterapia. Ao mesmo tempo, conhecemos detalhes de sua vida amorosa e sexual, universitária e profissional, social e familiar na medida em que elas são marcadas pela síndrome. Um tema atual. Uma excelente obra tanto para conhecimento do quadro clínico como entretenimento, narrada com maestria e de uma sensibilidade notável.

Vou começar essa resenha com um trecho do livro: “Você não sabe nada sobre a síndrome do pânico? À parte todo o seu desconhecimento, tenha ao menos um bom coração. Esse já é metade do conhecimento de que você precisa. A bem dizer, sem amor, todo o seu conhecimento sobre a síndrome se torna inútil.

IMG_4931Conhecer Marina foi uma das melhores coisas que me aconteceu, digo isso porque logo nas primeiras páginas me identifiquei muito com a sua personalidade. Ela curte fotografia (tem até conta no Flickr), tem um blog de resenhas literárias e estuda jornalismo, lendo tudo isso ninguém imagina o drama que ela vive.

Marina tem síndrome do pânico e antes de ela ser diagnosticada conhecemos suas crises. Eu tenho alguns amigos panicosos, mas apesar de ler artigos falando a respeito, nunca presenciei uma crise e depois das descrições da personagem comecei a imaginar a reação que eu teria se eu presenciasse uma, pois me senti mal só de pensar o que ela sentia.

IMG_4932

Dizem que não nascemos com a sensação de medo, mas que a adquirimos ou a aprendemos; e o aprendizado se dá através da observação de terceiros. Ver alguém com medo exagerado diante de um trovão ou de uma barata pode nos levar, na tenra infância, a acreditar que os trovões ou as baratas são exageradamente perigosos, E então crescemos com essa ideia adormecida em algum lugar de nossas mentes. Numa linguagem mais clara, nossos medos irracionais, estão em nosso inconsciente, nesse terremo em que quase ninguém pisa.

O livro é focado na doença de Marina, mas também conhecemos outros personagens que fazem parte da vida dela. Ela mora com os pais e o irmão mais novo, a mãe dela é muito severa (inclusive acho que a forma dela educar contribuiu muito para essas crises), namora com o Julio (um rapaz que conheceu pela internet, mas que mora no mesmo condomínio que ela), una amiga de infância e algumas amizades (erradas) que ela fez quando entrou na faculdade.

IMG_4930

 Quem supera seus medos é mais corajoso que aquele que nunca os teve ou jamais os enfrentou.

O livro é narrado em primeira pessoa e é dividido em sete partes, aprendemos sobre a doença junto com a personagem (aprendemos literalmente, pois participamos das consultas, exames e idas ao psicólogo / psiquiatra na história). Achei isso muito importante, pois existe muito preconceito com os profissionais dessas áreas e muitas pessoas evitam de ir a consultas por acharem desnecessário.

Eu gostei tanto do livro que fiquei me perguntando se era realmente uma obra fictícia ou se era a biografia da vida de Marina, pois é tão detalhado que cogitei a possibilidade da história ser real.

IMG_4938

Foi triste ver a Marina perdendo amizades, auto estima, relacionamentos e a segurança de fazer ações simples que a doença dificultava a execução (como ir a igreja, pegar filas.,.), mas fiquei feliz em vê-la se tratando e conseguindo retomar sua vida e rotina, dar a volta por cima de todo preconceito e ignorância que a cercavam e ter um final feliz.

Alice no País das Maravilhas? Sim, também creio ter entrado pela toca do coelho e temido cartas de baralho quando não devia temê-las. Até que retiraram as folhas de meu rosto e acordei pra contar como foi.

IMG_4937Recomendo a leitura!
Obrigada Breno Melo por ter me dado a oportunidade de conhecer essa obra tão incrível.

Beijos!!

Leia também:

OS ÚLTIMOS SONHADORES #2 – FAMA NA ITÁLIA

Diego Lorenzo

The Doctor’s Lives and Times

Clayci

Eu Amo Las Vegas – Lindsey Kelk

Clayci

40 comentários

Just Mila 15 de março de 2015 at 02:32

Parece ser muito bom mesmo, acho que vou procurar para ler, Clay.
Bjs

http://achadosdamila.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 15 de março de 2015 at 19:54

Procura sim Mila =D

Resposta
Nayh 12 de março de 2015 at 16:14

Parece ser um livro bem legal. É tão maravilhoso ver esses livros que saem um pouco do “romance bonitinho em que tudo fica bem” para abordar temas mais reais onde pessoas que passam por esses problemas se sintam entendidas e percebam que tudo pode dar certo no final. <3
Nunca tive sindrome do pânico, mas já presenciei uma… Fiquei muito mal pela pessoa, mas não consigo sequer imaginar o que ELA sentiu. 🙁

Resposta
Clayci 14 de março de 2015 at 15:10

Exatamente Nayh, tanto que pensei que a Marina fosse real XD

Resposta
Micaely 10 de março de 2015 at 10:09

Deve ser um Livro maravilhoso !
Essa Doença de Síndrome do Panico deve ser terrível mesmo 🙁
Beijos ? O Melhor de Mim

Resposta
Hellz 10 de março de 2015 at 09:19

Primeiro de tudo, já vou chegar na rodinha fazendo um pronunciamento: Eu já tive síndrome do pânico. Sei o que é uma crise, parar a vida por causa de um medo que não se sabe nem por que surge ou de onde vem. Enfim… eu sei.

Me senti acolhida ao ver que existe livro que englobe a temática e com uma personagem que me represente. Não conhecia o livro antes de chegar aqui, mas agora eu PRECISO ler. Já anotei aqui no meu caderninho e vou à caça!

beijo

Resposta
Janeise Cristina 10 de março de 2015 at 09:08

Oi Clay, que resenha maravilhosa, fiquei louca pra ler o livro. Sem contar que as fotos são lindas! Já vou coloca – lo na lista de leitura.
Beijos

Resposta
Bianca 10 de março de 2015 at 08:54

Nossa, adorei a resenha! Eu já tive alguns episódios de pânico quando era adolescente e sei como é horrível, vou adicionar esse livro na minha lista de leitura, com certeza!
Beijos

Resposta
Jessica 9 de março de 2015 at 22:26

Nossa, nós pessoas aparentemente “normais” nunca temos noção de como as coisas parecem para pessoas que passam por dificuldades como essas,ou tratamento de doenças. As pessoas geralmente são levadas muito pelo exterior e se esquecem de amar. Quem mais precisa de amor, amizade e compreensão é quem menos recebe. Adorei a indicação do livro, parece ótimo.

Jeh

Resposta
Mari 9 de março de 2015 at 22:17

Amei essas fotos! <3

Resposta
Andressa Vasconcelos 9 de março de 2015 at 20:32

Parece ser um drama e tanto, fiquei até curiosa para lê-lo, acho que o procurarei. Obrigada por essa resenha! <3
http://relicariovasconcelos.blogspot.com

Resposta
Dud's 9 de março de 2015 at 17:59

Tenho uma amiga com essa sindrome, é mesmo complicado =/ Fiquei curiosa pelo livro!

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:36

Obrigada, Cintia =D

Resposta
Pam Machado 9 de março de 2015 at 17:24

Uau, parece muito bom!!!

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:30

E é Pam!! Assim que puder leia

Resposta
Thaiane e Thalita 9 de março de 2015 at 16:27

Não conhecíamos esse livro, mas por sua resenha deve ser muito bom, muitas vezes as pessoas tem preconceito com síndromes que não conhecem, esse livro parece ser muito detalhado a rotina da personagem.

Beijos

http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:31

Obrigada meninas e assim que tiverem oportunidade leiam

Resposta
Caio 9 de março de 2015 at 16:20

Já vai fazer 2 meses que eu não leio nenhum livro, tenho um livro cardecista que eu comecei a ler mas parei pra ler o do “Superação” do Nick. Acho que vou voltar a ler esse livro.

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:31

Não pode desanimar =/

Resposta
Wanessa Oliveira 9 de março de 2015 at 15:08

Passada que eu não sabia da existência deste livro. Simplesmente, amei sua resenha e vou add agora na lista de leitura <3
bjokas http://diadebrilho.com

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:32

Fico feliz por isso Wanessa! Leia, pois vale a pena ^^

Resposta
Marijleite 9 de março de 2015 at 13:41

Olá, já estava com saudades de passar por aqui.
Eu já li esse livro, gostei e concordo com tudo o que você disse na sua resenha.
Foi um aprendizado muito valioso, além de uma leitura agradável. A personagem principal é tão real!

Participe da promoção de aniversário do blog e concorra a muitos livros: petalasdeliberdade.blogspot.com .

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:33

Eu tbm estava com saudades de vc por aqui =)

Resposta
Camila Faria 9 de março de 2015 at 13:12

Nossa Clay, que bacana essa leitura. Achei legal por não ser só focado nela, mas também no seu universo familiar, nos amigos, namorado… Deve ser interessante ver como as pessoas lidam com essa situação, de ter uma pessoa querida com síndrome do pânico.

Resposta
Bruna 9 de março de 2015 at 13:03

PRECISO ler esse livro. Primeiro, quero dizer que achei linda a tua visão e abertura com relação à doença. São muito poucas as pessoas que compreendem, sem achar que é frescura. Eu tenho pânico faz 6 anos, vivo em tratamento, idas e vindas, não é naaaada fácil. Acho que vou me identificar e me sentir menos sozinha e anormal com esse problema!

Beijos

http://www.chezb.com.br

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:35

Que barra Bruna! Eu adorei conhecer mais sobre o assunto e me sentir um pouquinho perto.. Acho importante
Leia e me diga o que achou depois
Beijos

Resposta
monique 9 de março de 2015 at 11:33

Que profundo esse livro, essa história. Nunca tinha ouvido falar e me surpreendi, gostei e quero ler 😀

Resposta
Lolla 9 de março de 2015 at 11:04

Ah! Me interessei muito pela história, gosto desse estilo de livro, que faz a gente se sentir dentro da história mesmo! Com certeza vou procurar para ler *-*

Beijos,

rodoviadezenove.blogspot.com.br

Resposta
Marina 9 de março de 2015 at 09:37

Oi, Clay! Tudo bem?

Que bom que você comentou no meu blog: pude descobrir o seu! Uma graça. Já está no meu feed. 🙂

E, pra completar, caio direto num post sobre um livro (<3) cuja protagonista se chama Marina e, pelo que você descreveu na resenha, tem tudo a ver comigo também. rs Vai para minha lista de leituras.

Beijos!

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:37

Oi Marina, obrigada pela retribuição, fico feliz por ter gostado do meu espacinho e espero ter vc aqui mais vezes =)

Beijos

Resposta
Ana Claudia 9 de março de 2015 at 09:13

Eu não gosto muito desse tipo de livro, mas sua resenha me fez querer ler também!

Resposta
Thayse Stein 9 de março de 2015 at 00:47

Nossa, que legal esse livro, muito interessante e envolvente. Nunca tinha ouvido falar nadica dele e fiquei desejando conhecer de pertinho a obra *-*

?
Beijos
Brilho de Aluguel

Resposta
? LUA ? (@EuCrioModa) 9 de março de 2015 at 00:44

Eu preciso desesperadamente ler este livro, obrigada pela indicação!

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:38

Leia sim *_*

Resposta
Luly 8 de março de 2015 at 18:41

“Achei isso muito importante, pois existe muito preconceito com os profissionais dessas áreas e muitas pessoas evitam de ir a consultas por acharem desnecessário.” PRECISO dizer que essa foi a parte do post que mais gostei… Achei o livro interessante e tals, mas é a mais pura verdade: quanta gente não consegue nem mesmo descobrir que tem um “problema” (as vezes super superável) pelo simples medo de ter que ir a um profissional assim…
Parece ser uma leitura SUPER interessante!!!! Quando você ia falando fui achando que era uma biografia, sério…

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:39

Exatamente Luly! Nem procuram saber o que é e acham bobagem uma consulta

Resposta
Suelen 8 de março de 2015 at 17:51

Esse livro é demais, li em um ou dois dias de tanto que a história prende! <33

Resposta
Clayci 9 de março de 2015 at 17:40

Super né?! Adorei

Resposta
Caetano 8 de março de 2015 at 16:11 Resposta
Cláudia Isabel Pereira 8 de março de 2015 at 15:27

uau, parece ser uma obra maravilhosa mesmo! 🙂

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE