A Conspiração Mozart – Scott Mariani 7

a_conspiracao_mozart_1430164553446985sk1430164553bA Conspiração Mozart;
I.S.B.N: 9788539508167;
Páginas: 368;
Autor: Scott Mariani;
Editora: Fundamento;
Avaliação: 
Sinopse: Benedict Hope, ex-agente da SAS e especialista em resgate de vítimas de sequestro, descansa em sua casa quando recebe um telefonema de alguém de seu passado. É a linda e mundialmente famosa cantora de ópera Leigh Llewellyn, primeiro e único amor de Ben. Oliver, irmão de Leigh e melhor amigo de Ben, foi assassinado.Dias antes de morrer, Oliver fazia uma pesquisa sobre Mozart. E, entre os pertences de Oliver, Ben encontra uma carta comprometedora escrita pelo próprio Mozart e um vídeo onde homens encapuzados realizam um crime brutal. Quem são essas pessoas? Como Oliver conseguiu essa gravação? Atravessando a Europa em busca de respostas, Ben e Leigh refazem os últimos passos de Oliver e acabam no centro de uma conspiração e na mira de uma sociedade secreta perigosa, influente, manipuladora e corrupta.Qual é a ligação entre as mortes de Oliver e Mozart? Qual o mistério por trás da carta centenária? Ben Hope precisará enfrentar fantasmas do passado e assassinos impiedosos, cujo poder remonta há mais de dois séculos de existência. Uma missão suicida cujo desfecho pode mudar o destino político e social do mundo. A Conspiração Mozart um thriller alucinante que combina ação com História. Entre as torres de Oxford, os canais de Veneza e as ruas de Viena, prepare-se para viver perseguições de tirar o fôlego!

*Livro Cedido em parceria com a editora

ANTES DE LER ESTA RESENHA

indiceA Conspiração Mozart” é o segundo livro de uma série do autor Scott Mariani. O primeiro livro já foi resenhado aqui no blog e se chama “O segredo do Alquimista”. O autor é conhecido por misturar fatos históricos com fantasia. Apesar de ser uma série, as histórias são independentes e não interfere na leitura fora da ordem. Eles foram publicados pela Fundamento e é possível comprá-los com 30% de desconto no site da editora e usar o cupom de desconto que o blog possui em parceria. Esse cupom está na barra lateral do blog.

a-conspiracao-mozart-2

Uma sociedade secreta. Uma carta centenária. Assassinatos. E Benedict Hope.

Ben Hope está de volta e já iniciamos a história com ação! Ele continua com o seu trabalho de resgatar crianças, mas um telefonema foi o suficiente para que ele se envolvesse em uma investigação perigosa.  E por quê essa ligação chamou a atenção de Ben? Porque se trata de nada mais e nada menos que o primeiro (e único) amor da vida dele. Leigh Llewellyn é uma cantora de ópera – super conhecida –  que pede sua ajuda ao descobrir que estava sendo perseguida.  O irmão de Leigh – e melhor amigo do Ben – foi assassinado dias antes e o nosso herói começa a investigar para saber se esta perseguição possuí algum envolvimento com a morte de Oliver.

[blockquote align=”left” author=”A Conspiração Mozart”]E sublinhara as palavras com caneta várias vezes até quase rasgar o papel. Era como se tentasse entende-las , fazer as palavras falarem com ele.[/blockquote]  Antes de falecer, Oliver, estava estudando sobre a morte de Mozart. Ele também era músico e quis investigar a respeito quando descobriu que possuía uma carta há tempos perdida assinada pelo próprio compositor antes de morrer. Sua suspeita era de que Mozart fizera parte de um grupo maçônico e que uma de suas composições – a Flauta Mágica – tenha deixado vários símbolos da maçonaria. Se realmente existia algo por trás desse trabalho, a ordem se irritou com a ousadia de Mozart e fez com que ele saísse de cena, fazendo com que sua morte fosse dada por causa de um envenenamento.  O que podemos entender no início da história é que Oliver estava prestes a descobrir a verdade quando fora assassinado.

Dessa vez Leight e Ben Hope deixaram as diferenças do passado de lado e começaram a estudar as causas da morte de Oliver. O que eles não faziam ideia era com quem estavam se metendo e o tanto de conspirações que iriam enfrentar antes de chegar ao verdadeiro culpado.

a-conspiracao-mozart-4a-conspiracao-mozart-3

Eu gostei bastante do primeiro livro, mas na minha opinião “A Conspiração Mozart” se desenvolveu melhor.  Apesar de não ser necessário ler as histórias em sequência, no segundo livro senti o personagem mais preparado para lidar com as situações.  No início conhecemos várias histórias (e épocas) diferentes e não conseguimos relacioná-las com o mistério, mas aos poucos é possível juntar as peças e entender as ligações.

Por ser um romance policial estou acostumada com a forma que as personagens femininas são usadas. Nesse volume, Ben está lidando com um amor do passado e apesar do autor deixar claro o sentimento existente entre eles, há vários conflitos nessa relação. Como de costume em um certo momento da história o amor da vida de Ben foi usada contra ele, para que se sentisse culpado e forçado a tomar uma atitude. Se você não está acostumado com esse tipo de leitura pode ser que você se incomode um pouco.

No mais, achei maravilhosa a forma com que o autor usou a morte de Mozart como pano de fundo. Lembro que na época da escola aprendi que surgiram várias teorias sobre a morte do compositor, porém a mais convincente foi a do envenenamento.

A única coisa que não me agradou foi o final. Se o autor tivesse terminado a história páginas antes de uma forma menos trágica teria sido melhor. Não sei se isso foi proposital para tornar o personagem principal mais sombrio no próximo volume, mas fiquei insatisfeita com o desfecho.

a-conspiracao-mozart a-conspiracao-mozart-1

Mesmo assim eu recomendo a história e estou desejando muito que a Fundamento publique a continuação.

Beijos

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

7 Comments

  1. Oie Clayci =)

    Não conhecia essa série, mas depois de ler suas resenhas fiquei curiosa para saber um pouco mais sobre a trama. A única coisa que me deixou um pouco com o pé atrás foi a questão do final que você comentou.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE