Image default
Home - 5 livros para ler antes dos 30
Comportamento

5 livros para ler antes dos 30

Como foi a virada de ano de vocês? Por aqui nós comemoramos só pelo fato de não chover durante a queima de fogos. Mas apesar do tempo colaborar, não consegui (e nem fiz questão de) apreciar os efeitos visuais dos fogos. Tive que ficar de olho na minha gata que morre de medo (com toda razão) e tenta se proteger do barulho.

Mas deixando esse desconforto de lado, deu tudo certo. Nos reunimos e fizemos um singelo jantar maravilhoso (que deixou saudades hahaha). E aproveitei para passar o feriado jogando Mario Odyssey e nem acredito que já estou chegando ao fim – apesar de faltar várias luas para procurar ainda. (Obrigada Di!)

Bom, antes do ano acabar pensei sobre o futuro do blog. Já havia comentado – em algumas publicações anteriores – que estava analisando o conteúdo e considerando possíveis mudanças. O tema já foi alterado e pretendo mantê-lo nesse estilo. O que mudarei com frequência é a foto de capa, pois a intenção é sempre renovar o registro e será um exercício para mim.

E agora que 2018 chegou, já posso anunciar que estou perto dos meus 30 anos. Sei que falta alguns meses para o mês de Maio, contudo tenho quero concluir um projeto antes do dia 04/05. Quero ler (e reler) alguns livros antes dos 30. A ideia de reler alguns títulos surgiu para analisar o quanto mudei desde que li pela primeira vez. Quer saber quais livros são?

A GUERRA QUE SALVOU A MINHA VIDA

5 livros para ler antes dos 30
A guerra que salvou a minha vida

Esse livro estava na minha lista de desejados e fiquei super feliz quando a Ana me deu de presente. Já li várias resenhas e todas foram elogiando a leitura. Me avisaram para preparar o meu psicológico porque vou chorar muito. Já estou pronta para encará-lo (eu acho).

Sinopse: Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando. Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO

5 livros para ler antes dos 30
Admirável Mundo Novo

Eu tinha uma edição bem velhinha na estante. As páginas estavam caindo e nem dava para reler. Aproveitei uma promoção que rolou na saraiva ano passado e comprei esta da Biblioteca Azul. Quero me jogar nessa clássico antes dos 30.

Sinopse: A Terra agora se divide em dez grandes regiões administrativas. A população de 2 bilhões de seres humanos é formada por castas com traços distintivos manipulados pela engenharia genética: nos laboratórios são definidos os poucos dotados, destinados aos rigores do trabalho braçal, e também os que crescem para comandar. Não há espaço para a supresa, para o imprevisto. O slogan “comunidade, identidade e estabilidade” sustenta a trama do tecido social. Estamos no ano 632 depois de Ford – aquele da linha de produção de automóveis – quando o amor é proibido e o sexo, estimulado;

1984

5 livros para ler antes dos 30
1984

Eu li 1984 no ensino médio para um trabalho de português. Lembro da história, mas também me lembro da sensação de ler algo na obrigação. Não consegui usufruir e nem dar a atenção merecida à obra. Já li a Revolução dos bichos duas vezes porque o livro é pequeno e isso me ajudou muito. Já 1984 é grandinho e sempre fui adiando a leitura.

Sinopse: Clássico romance distópico do autor britânico George Orwell. Terminado de escrever no ano de 1948 e publicado em 8 de Junho de 1949, retrata o cotidiano de um regime político totalitário de modelo comunista. No livro, Orwell mostra como uma sociedade oligárquica é capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela. O romance tornou-se famoso por seu retrato da difusa fiscalização e controle de um regime coletivista-socialista na vida dos cidadãos, além da crescente invasão sobre os direitos do indivíduo. Desde sua publicação, muitos de seus termos e conceitos, como “Big Brother”, “duplipensar” e “Novilíngua” entraram no vernáculo popular. O termo “Orwelliano” surgiu para se referir a qualquer reminiscência do regime ficcional do livro. O romance é geralmente considerado como a magnum opus de Orwell.

O DIÁRIO DE ANNE FRANK

5 livros para ler antes dos 30
O Diário de Anne Frank

Ganhei esse livro há alguns anos atrás (da Ana também hahahaha <3) e iniciei a leitura, porém não consegui conclui-la. É uma leitura que requer atenção nos detalhes, por isso quero ler com calma para conhecer melhor a Anne.

Sinopse: Nova edição com capa dura de um dos livros mais importantes do século XX.
O depoimento da pequena Anne Frank, morta pelos nazistas após passar anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã, ainda hoje emociona leitores no mundo inteiro. Seu diário narra os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou em vão para sobreviver ao Holocauto.
Lançado em 1947, O diário de Anne Frank tornou-se um dos livros mais lidos do mundo. O relato tocante e impressionante das atrocidades e dos horrores cometidos contra os judeus faz deste livro um precioso documento e uma das obras mais importantes do século XX.

POLLYANA MOÇA

5 livros para ler antes dos 30
Pollyanna Moça

Você deve estar se perguntando: ‘O que um livro infantil faz no meio das suas leituras?”. Pollyanna é um clássico que marcou a minha infância. Já comentei algumas vezes no blog que “Pollyanna” foi a minha primeira leitura. Desde então eu coleciono várias edições dessa história. Entretanto, quando estava arrumando a minha estante, me dei conta de que li Pollyanna Moça uma única vez. E essa versão da Autêntica está tão linda que tive de incluir no projeto.

Sinopse: Pollyanna agora é uma encantadora adolescente, amada por todos os que conviveram com ela e aprenderam o Jogo do Contente. Sua fama de pessoa especial ultrapassa os limites de Beldingsville. Quando recebe um convite para passar uma temporada em Boston, novas experiências vêm enriquecer sua vida. Ela passa a conviver com pessoas interessantes, faz amizades, ensina e aprende muito, e ajuda pessoas necessitadas que vai encontrando em seu caminho. É nesse livro, também, que Pollyanna descobre o amor e experimenta a inquietação, as dúvidas e as emoções pelas quais passam as pessoas apaixonadas.

Será que conseguirei concluir esse projeto? Já leu algum desses?
Beijos

Já me segue no instagram? Me segue lá.

Leia também:

Como anda sua imagem? Já olhou para dentro de si hoje?

Clayci

Como ler mais: 6 dicas para tornar a sua leitura mais efetiva

Clayci

Experimentando me cobrar menos este ano

Clayci

31 comentários

Week Click: Quadrinhos, Ursinho Zumbi e Doctor Who 3 de março de 2018 at 18:00

[…] está no meu projeto de 5 livros para ler antes do 30 e estou feliz porque vou reler a história agora em março. Li a história há alguns anos atrás e […]

Resposta
A Guerra que Salvou a Minha Vida - Kimberly Brubaker Bradley 19 de fevereiro de 2018 at 18:00

[…] estou na minha segunda leitura do projeto “5 Livros para ler antes dos 30“. A Guerra que Salvou a Minha Vida estava na minha listinha já faz um tempo, no entanto, […]

Resposta
Carol Garcia 15 de fevereiro de 2018 at 22:15

Oi Clay!!!
Menina, quantos livros lindos só de ler Sinopse. Muitos dai eu quero ler. O bom é que um deles o Felipe tem entao posso pegar emprestado.

Quero ver se consigo reler um livro por ano. E quero ver se esse ano começo com A menina que roubava livros, pois é um livro que faz meu coração até pulsar mais rápido só de lembrar!!

Desculpa o sumiço. É a correria e as coisas da vida! Mas sempre acompanho você… tenho um carinho grande por você esse cantinho!

Resposta
Clayci 23 de fevereiro de 2018 at 16:28

Gostei bastante de A menina que roubava livros. Lembro que quando li fiz inúmeras marcações. <3

Resposta
Karolini Barbara 29 de janeiro de 2018 at 15:27

Não li nenhum desses, mas o que me interessa mesmo é o Diário de Anne Frank (muito!). Eu já vi vários relançamentos deles e muitas outras versões, e só aumenta a minha vontade de lê-lo. E oficialmente, eu preciso ler. O.O
Meu primeiro livro foi Um Professora Muito Maluquinha, do autor Ziraldo, eu li muito esse livro na minha infância. Apesar de não me recordar da história, ainda não consegui encontrar um relançamento dessa obra. Pois o que eu li já não tenho mais em minha estante, arrependimento bate em lembrar os livros que já joguei fora. 🙁
Mesmo assim, quero muito esse dois livros não só para ler, mas para tê-los em minha estante também. Atualmente estou acompanhando Pretty Little Liars (estou adorando, tinha tempo que uma série assim não me prendia tanto quanto essa). O.O

Até mais Clayci! O/

Resposta
Clayci 30 de janeiro de 2018 at 14:47

Oi Karol! Eu já li esta história do Ziral sim e ainda me lembro que passei para as minhas primas. É uma pena não ter novas edições, né? Eu sempre tento comprar as da Pollyanna no sebo. =/

Resposta
lbe 10 de janeiro de 2018 at 17:49

Que incrível..!

Resposta
milca abreu 7 de janeiro de 2018 at 14:14

já li o diario de anne frank, 1984 e admirável mundo novo, são ótimos e tbm pretendo reler algum dia na vida
os outros tenho vontade de ler, mas ainda não deu
ah, vi no face que seu pai te ajudou com as fotos, adorei!! ficaram lindas <3

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:44

Vc viu? ele está muito blogueirinho hahahahahaha
Já fiz a proposta para ele ser colaborador, mas não quis haiuhauihaiuhaiu

Beijos

Resposta
Ana Paula Lima 7 de janeiro de 2018 at 13:57

Oii1

Tenho uma amiga apaixonada por Poliana Moça! Tenho que pegar emprestado com ela essa obra. Tenho uma folguinha ainda para ler esses livros, mas vou tentar encaixar em algum desafio <3

Beijinhos

PS: AMO suas fotos!

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:45

Pega emprestado com ela sim <3
É uma história boba, mas linda. hahahaha

Muito obrigada *_*
Beijos

Resposta
Larissa Zorzenone 6 de janeiro de 2018 at 20:37

Oi linda
Esse ano eu faço 25. E já tenho vários projetos pra fazer antes dos 30 hehe. Quero ler as duas distopias que citou e tenho que criar vergonha e coragem de ler Anne Frank. Eu li Pollyanna quando morava com meus pais. Li o moça também. São livros tão amorzinho. Perto dos 30, eu preciso reler Harry Potter. Questão de honra. Antes, eu lia todo ano, agora, com o blog e parceiros, não tem mais como.
Beijos e um ótimo 2018

Vidas em Preto e Branco

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:46

O gostoso é reler Harry Potter em qualquer idade hahaha
Eu só não inclui a saga na meta porque reli ano passado, mas deveria ter esperado =P

Beijos e um ótimo 2018

Resposta
Luciana Midory 4 de janeiro de 2018 at 07:54

Adorei a ideia desse projeto, Clayci! Fiquei pensando aqui quais seriam os meus livros escolhidos, mas só me vieram uns 3 na cabeça… acho que eu escolheria O Pequeno Príncipe (já que é um clássico que li há muito tempo, não gostei na época e não lembro mais nada dele), O Apanhador no Campo de Centeio (porque já tentei ler várias vezes e não consigo ir pra frente) e Felicidade Clandestina, da Clarice Lispector (porque foi bem marcante na minha adolescência e eu queria saber o que a Luciana adulta acha dele ahahaha).

Da sua listinha, eu fiquei interessada por Pollyanna Moça… Pollyanna foi uma das histórias mais marcantes da minha infância, mas não sabia da existência desse outro título. A capa está bem bonitinha mesmo, vou colocar na minha listinha de desejados <3

Resposta
Clayci 5 de janeiro de 2018 at 15:41

Nunca consegui concluir a leitura de O Apanhador no Campo de Centeio =/
Tem mais um outro alás da versão Moça *_*

Resposta
Luciana 5 de janeiro de 2018 at 22:56

Juura? Como chama? :OO

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:31

Lu, não sei se foi lançado aqui pq não foi escrito pela autora. Foi uma adaptação, mas é Pollyanna Mulher. Estou tentando achar algum link pra te mostrar *_*

Resposta
Nilda de Souza 3 de janeiro de 2018 at 22:40

Da lista já li Poliana Moça e O diário da Anne Frank. Eu li os dois na minha adolescência. Já faz um tempo rsrs. Com certeza se eu reler os dois agora terei outra percepção.
A sua seleção é ótima. Quero ler todos, principalmente, Admirável mundo novo e 1984.

Beijos

Resposta
Clayci 5 de janeiro de 2018 at 15:45

Pollyana é lindo, né? Acredito que eu vai mudar muito o jeito de pensar ao reler

Beijos

Resposta
Beatriz Andrade 3 de janeiro de 2018 at 21:14

Eu adorei as tuas dicas, ainda não li nenhum dos livros listados, mas já conhecia todos eles e já morria de curiosidade com todos. Eu ainda não tenho 30, acho que dá tempo de ler até lá rs Adorei o teu post e espero mesmo poder ler pelo menos um livro que você indicou.

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:51

Super feliz que tenha gostado <3
Beijos

Resposta
Tamara Mansur 3 de janeiro de 2018 at 21:09

Oláá! Tudo bem?
Feliz ano novoo!! A minha foi boa, bem tranquila numa casa de praia com comidinha gostosa ^^
e li muito também!!
ahh gostei muito dessa lista!! sou doida para ler 1984!!!!
ahh e consegue concluir projeto sim, ainda tem alguns meses até chegar lá!! 😉
beeijo

http://lecaferouge.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:51

Tamara, feliz ano novo <3

1984 é incrível e espero conseguir aproveitar essa leitura <3

Resposta
Douglas Alves 3 de janeiro de 2018 at 16:57

O único que esta ali na estante esperando para ser lido é A Guerra que Salvou a Minha Vida, os demais eu conhecia apenas o 1984 e Diário de Anne Frank, mas gostei da ideia e relato sobre as obras!

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:52

Espero gostar do livro A guerra que salvou a minha vida rs, sempre encontro elogios e por conta disso as expectativas estão alta.
Beijos

Resposta
Dai Castro 3 de janeiro de 2018 at 15:50

Só livros maravilhosos, heim?
Eu já li todos menos o da Polyana, algo que ainda pretendo fazer um dia <3
Tenho certeza que serão leituras bem especiais, e estou ansiosa para saber a sua opinião de cada um deles!
Beijos!

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:53

Oi Dai <3
Pollyanna é um livro bem infantil mesmo, bem bobo. Mas amo a forma da personagem encarar o mundo rs.

Beijos

Resposta
Ana Beatriz 3 de janeiro de 2018 at 01:05

Eu estou na metade do Anne Frank, e é uma leitura para se jogar mesmo! O livro começa descontraído, e depois vai ficando mais intenso e sério, a medida que a Anne vai crescendo e que a guerra se torna clara para ela e a família que está longe de acabar. É um livro que está me emocionando demais, porque eu me apeguei à personagem de uma maneira… e é muito triste saber que ela teve um final triste. E é curioso porque mesmo aos 13 anos, ela era extremamente inteligente, escrevia super bem, era articulada.
“1984” também comecei em 2017, uma das melhores leituras do ano!

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 10:58

Exatamente, Ana.
Eu não consegui concluir a leitura, mas lembro que parei quando a Anne começou a relatar fatos mais fortes. =/

Resposta
Danielle S. 2 de janeiro de 2018 at 18:09

Clayci, muito legal o seu projeto! Desses eu já li “Admirável Mundo Novo” (para uma aula de inglês da escola, imagina a boa vontade que eu estava, hahaha) e “Pollyana Moça” (que não lembro da história e me deu vontade de reler os dois livros <3)!
Tenho muita vontade de ler "1984", acho que vou colocar como meta para este ano (e também já li "A Revolução dos Bichos", justamente por ser curtinho hehehe).

Feliz ano novo!!

Beijo <3

Resposta
Clayci 8 de janeiro de 2018 at 11:00

Dani, feliz ano novo <3

E eu imagino sim a sua vontade de ler o livro pro trabalho. É tão ruim quando a gente lê com essa sensação, né?

Beijos

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE