Sempre fui apaixonada por Sakuras, prova disso é a tatuagem que tenho nas costas com as flores, mas até então nunca tinha ido ao Bosque das Cerejeiras. No dia 31/07 fui com o Diego na 37ª Festa da Cerejeira no Parque do Carmo, aqui em São Paulo. Aproveitamos o dia de sol, chamamos minha irmã e meus sobrinhos e fomos conferir de perto a beleza dessas flores rosas. A festa está em sua 37ª edição e é organizada pela Federação Sakura e Ipê do Brasil

IMG_76091

IMG_7648 IMG_7643

Diz a lenda que SAKURA vem da princesa KONOHANA SAKUYA HIME que teria caído do céu nas proximidades do Monte Fuji e teria se transformado nesta bela flor. Acreditam se também que tem sua origem na cultura de arroz. A parte KURA significa deposito onde se guardava arroz, alimento básico dos japoneses considerado dádiva divina. (via Flor de Cerejeira)

A tradição de realizar o “hanami“, sentar sob as cerejeiras, é realizada todos os anos. A cerejeira é a árvore símbolo do Japão e tornou-se a marca dos descendentes da comunidade nipônica que vive na região de Itaquera.

IMG_7634 IMG_7632 IMG_7626

Além da beleza das Sakuras, há várias atividades organizadas pela comunidade. Como fomos no primeiro dia e na parte da manhã só conseguimos curtir uma apresentação de Taiko, mas no final de semana rolou apresentação de vários grupos.

IMG_7622 IMG_7612 IMG_7608

IMG_76021 IMG_7569

A florada dura apenas alguns dias e foi maravilhoso aproveitar a oportunidade de conferir os caminhos formados pelas flores em tons de rosa.

8dicer

Aproveitei para fotografar o namorado.
IMG_4610

E ele aproveitou para me fotografar.
IMG_7555

<3

IMG_7526 IMG_7529

Encontramos esse esquilinho por lá, na verdade encontramos vários, mas ele foi o único ousado! Pediu atenção e comida para quem passava por ele.

Facebook – Instagram – Flickr – Twitter 

badge_post_01

Comentários

Comentários