Lembro que quando assisti De repente 30 pela primeira vez, eu tinha uns dezesseis anos. E aquela famosa cena em que a Jenna diz que 30 é a idade do sucesso ficou na minha cabeça. Assim como a personagem eu também queria saber como era viver “a melhor fase da vida”. Pois bem, cheguei aos 30 (e sem o Mark Ruffalo)!

A minha intenção era listar 30 conquistas nessa publicação. Mas fiquei com medo de não conseguir preencher a lista (ou estou apenas sendo modesta em não querer esfregá-las na sua cara – você nunca vai saber a verdade HA HA HA). O fato é que, assim como a Jenna, eu também acreditava que as pessoas, nessa idade, sabiam o que queriam da vida.

Se eu dissesse que me imaginava casada e com filhos, estaria mentindo. E olha que o que mais teve, foram pessoas dizendo que meu futuro seria este. No entanto, eu me imaginava com o emprego dos sonhos, mesmo não fazendo ideia de que profissão iria seguir. Me formei em um curso que não queria e atuei em uma área que só gerou estresse.. Valeu a pena? Só vou dizer que sim porque minhas contas foram todas pagas nesse período.

Toda madura nessa foto com chifres de unicórnio.

Olhando assim eu parecia tão ingênua, né? Quem vê pensa que não surgiu inúmeras pessoas no caminho querendo esfregar a minha cara na realidade. Cresci, conheci e convivi com várias pessoas que fizeram questão de provar que os meus sonhos não tinham valor. E a única coisa que eu pensava era “não vou ser assim” e adivinhem? Me tornei naquilo que eu mais temia hahahaha.

Brincadeira, brincadeira. Mas isso tudo é só pra pedir que você esqueça aquela famosa frase que “a vida começa aos trinta” porque não é verdade. Eu não sei quanto à vocês, mas eu continuo tão perdida como aos 16 (até rimou). Ainda não sei o que quero para a minha vida e tudo bem você também não saber o que você quer da sua.

Sei que pode parecer doloroso, mas  está tudo bem mesmo! Tudo bem você não decidir se quer ser advogada ou modelo. Tudo bem abrir mão de um projeto que não vai pra frente. Tudo bem desistir do seu emprego. É só você que pode definir o seu caminho. As escolhas estão aí porque elas são opções, não determinismos. Ninguém pode te desmerecer por causa das suas preferências.

30 não é necessariamente a idade do sucesso! Acreditar que a idade possa ser uma maneira de nos motivar a realizar aquilo que acreditamos é algo maravilhoso, porém quando a idade se torna um obstáculo para realização desses objetivos é algo preocupante. Em qualquer fase da sua vida, você é o responsável pelo seu sucesso ou fracasso.

E se mesmo assim você estiver preocupado com a sua idade, lembre-se que:

  • Quando a Coca-Cola foi criada, John Pemberton estava com 55 anos.
  • Harrison Ford estreou como Han Solo com 31 anos.
  • Stan Lee deu vida ao seu primeiro quadrinho aos 39 anos.
  • Susan Boyle ficou conhecida mundialmente aos 47 anos ao interpretar “I dreamed a dream”, trilha da peça “Os Miseráveis” em um programa de TV.
  • Henry Ford apresentou o Ford Model T, em 1908, quando já tinha 45 anos.
  • Charles Darwin escreveu o seu livro revolucionário: “A Origem das Espécies”,  que introduziu o conceito de seleção natural aos 50 anos.
  • Vera Wang só entrou no mundo fashion depois dos 40.
  •  Vincent van Gogh só começou a pintar quando tinha 27 ou 28 anos (e seu maior reconhecimento foi póstumo).

Estou feliz com meus 30 anos.
<3

Comentários

Comentários